Conheça os principais efeitos colaterais da Oxandrolona

A Oxandrolona é um dos esteróides mais populares dentre os competidores de bodybuilding e chamou consideravelmente a atenção dos praticantes de musculação amadores pelo mundo inteiro.

efeitos colaterais da Oxandrolona

Isso porque traz mais combustível muscular para grandes esforços na musculação, além de outros benefícios para ganho de massa magra e também maior queima de gordura.

No entanto, a droga pode apresentar fortes efeitos colaterais, afinal é considerada um androgênico de alta hepatoxidade.

Mesmo em doses baixas e normais, apresenta pequenos efeitos como desconforto abdominal e náuseas em quem toma, mas com superdosagem podem ser considerados graves os sintomas. E é sobre alguns deles que falaremos hoje!

  1. Alta aromatização: Isso significa que transforma-se em alta quantidade de estrogênio na sua dissolução no organismo, o que é complicado para os homens, pois pode trazer à tona características femininas como crescimento das mamas, atrofia do pênis e mudanças na voz. Para isso, existe a necessidade de terapia pós-ciclo especialmente para esses sintomas.

 

  1. Tóxica para os rins e fígado: É prejudicial para quem tem alguma condição hepática, pois o medicamento é metabolizado especificamente no fígado; além disso, possui alta quantidade de impurezas e nutrientes não absorvidos facilmente na corrente sanguínea, o que pode atrapalhar o funcionamento de filtragem dos rins. Por isso, durante o ciclo, os médicos recomendam aumentar bastante a ingestão de líquidos e ficar atento à coloração da sua urina.

 

  1. Sintomas de mal estar e problemas digestivos: Além das reações no organismo internamente, a pessoa pode sentir mal estar, dores no estômago, vômitos, diarreia e inchaços corporais.

 

  1. Reações alérgicas: Pode haver sintomas ligados a uma reação medicamentosa, instantânea ou tardia, como erupções cutâneas, coceiras, dificuldade para respirar, aperto no peito, inchaço na boca, lábios ou língua, entre outros. Por isso é tão importante uma consulta prévia no médico para saber se é seguro você tomar ou não. São efeitos colaterais mais específicos de quem tem alergia ou sensibilidade a algum dos componentes do medicamento ingerido.

 

  1. Alterações psíquicas e psicológicas: Podem haver sintomas de confusão mental, depressão, alterações mentais, mudanças bruscas de humor, cansaço ou fadiga mental, entre outros. Em casos graves, o ideal é fazer terapias pós-ciclo com antidepressivos.

 

  1. Alterações físicas: Seu corpo também poderá sentir com contusões ou sangramentos recorrentes, câimbras musculares, espamos, inchaços nas extremidades do corpo como mãos e pés, entre outros.

 

  1. Alterações sexuais: Podem haver mudanças na libido sexual, para mais ou para menos; os genitais ou seios das mulheres podem aparentar estar mais largos, pode haver crescimento de pelo, as ereções são mais frequentes e duradouras, as mulheres podem ter secura vaginal, dentre outros.

 

A maioria desses efeitos é reversível quando o uso é interrompido, porém alguns efeitos podem se prolongar e necessitar de tratamentos em paralelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *